Se Liga 24 Horas de Notícias
↑ Se Liga 24 Horas Conectando você as notícias do Brasil e do Mundo
Portal de Notícias Se Liga Pilões-PB
↑Portal de Notícias da Cidade de Pilões-PB
Se Liga 24 Horas

sábado, 27 de julho de 2013

VEJA O VÍDEO: TUBARÃO ENCONTRADO EM PRAIA DE JOÃO PESSOA CAUSA PÂNICO (26-07-2013)

tubarãoUm vídeo publicado nesta sexta-feira (26), por um internauta da rede social Facebook, está provocando manifestações de pânico nos banhistas que frequentam a orla marítima de João Pessoa….
Nas imagens, um grupo de pescadores aparece tentando resgatar um tubarão que teria aparecido na Praia da Penha, no Litoral paraibano.
Na publicação original do vídeo, o autor Berg Lacerda comenta que as imagens foram flagradas por volta das 9h, pela visitante da praia Angra Nayara Lima. Minutos após a postagem, mais de 600 internautas já haviam compartilhado o link, muito deles fazendo referência ao medo de tomar banho nas praias pessoenses.
Angra Nayara Lima questiona aos pescadores o que tinha acontecido ao animal, no entanto, eles evitam respondê-la, ao mesmo tempo em que tentam retirar o animal da água na tentativa de cortá-lo, provavelmente, para comercialização de sua carne.
Chocados com as imagens, os internautas compararam o aparecimento do animal da orla de João Pessoa, ao ataque sofrido pela estudante Bruna Silva Gobbi, de 18 anos, na última segunda-feira (22), na Praia de Boa Viagem, em Recife (PE).
Veja o vídeo:

terça-feira, 23 de julho de 2013

VEJA O VÍDEO: Turista de 18 anos atacada por tubarão morre em hospital do Recife

Bruna Gobbi, natural de SP, passava férias na cidade, com a família. Ela foi atacada na tarde de segunda-feira, na praia de Boa Viagem.

Morreu, por volta das 23h30 de segunda-feira (22), a jovem Bruna Silva Gobbi, 18 anos, vítima de um ataque de tubarão nesta tarde na praia de Boa Viagem, Zona Sul do Recife. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Hospital da Restauração (HR), por volta da 1h desta terça (23).

O corpo da turista paulistana será encaminhado ao Instituto de Medicina Legal. Ainda não há informações sobre traslado do corpo, velório e enterro. Esse foi o 59º ataque de tubarão no litoral pernambucano e a 24ª morte, desde 1992, quando teve início a contagem desse tipo de incidente.

Bruna estava com uma prima quando foi atacada, por volta das 13h20 desta segunda. As jovens estavam na praia de Boa Viagem, na altura do edifício Castelinho. “Estávamos em um grupo de pessoas, eu, ela, nossos primos de Olinda, a mãe dela e a avó. Eu e ela estávamos no raso e percebemos que tinha um buraco, um declive, e não conseguíamos pisar no chão. Nessa hora um dos nossos primos pediu ajuda a um dos salva-vidas. Pouco depois de eu ter sido colocada no jet-ski dos Bombeiros, Bruna foi atacada", relembrou Daniele Souza Gobbi, em conversa com o

O que a jovem define como declive é, na verdade, uma forte correnteza causada pela chamada corrente de retorno. "É uma corrente muito forte e precisa saber nadar muito bem para escapar. Bruna e a outra pessoa que estava com ela foram arrastadas mais para dentro do mar. São correntes comuns em qualquer praia, não são uma particularidade do Recife”, explica a presidente do Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões (Cemit), Rosângela Lessa, que também é professora da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).

As imagens mostram a movimentação de Bruna e Daniele no mar, além da chegada dos bombeiros e manchas de sangue na água após o ataque. No vídeo, dois bombeiros aparecem entrando no mar a nado para resgatá-las. Usando uma moto aquática, um terceiro bombeiro resgata as banhistas. Depois, todos saem em direção à faixa de areia. Em nota, a SDS informou que o salvamento e resgate das vítimas durou menos de dois minutos.

A prima de Bruna acrescentou que conhecia o histórico de ataques de tubarão na praia recifense. "Sabíamos que havia riscos de ataque, mas eu não achava que seria tão no raso, e sim no fundo", comentou.

Areia tem manchas de sangue; local do ataque é monitorado pela Polícia Militar (Foto: Priscila Miranda / G1)
Areia ficou com manchas de sangue.
(Foto: Priscila Miranda / G1)
Bombeiros alertaram para risco

Rosângela Lessa também disse ao G1 que a família de Bruna Gobbi foi informada pelo Corpo de Bombeiros que estava em uma área de risco. Mesmo assim, o grupo teria se recusado a sair do mar. "A família foi abordada pelos bombeiros, que explicaram que era uma área em que havia possibilidade de ataques e pediram que saíssem da água. Eles então ficaram monitorando [o grupo] do posto de observação, tanto que chegaram ao ponto rapidamente, quando o ataque ocorreu", explicou.

Esta época do ano também é um fator de risco a mais, acrescentou a presidente do Cemit. "Estamos em um período de águas turvas, em que a probabilidade de ataques é mais alta, por causa das chuvas do inverno e da grande quantidade de material em suspensão que vem dos rios. Além disso, temos na cidade um monte de gente de férias, que costuma não acreditar no que dizem as placas", continuou, se referindo à sinalização que alerta para o risco de ataque de tubarão no litoral pernambucano.

Ainda sobre a corrente de retorno, Rosângela Lessa ressaltou não se tratar de um fenômeno excepcional. “Excepcional é a pessoa saber que está numa situação de risco, ser alertada e permanecer nesse lugar. É um conjunto de fatores previsíveis e indesejáveis, com consequências terríveis para a vítima, sua família e para a cidade", lamentou.

O vendedor ambulante Leonardo Ferreira de Brito confirma a informação do Cemit. "A correnteza estava puxando, elas estavam tentando voltar [para a beira]. O bombeiro falou três vezes para elas não entrarem na água. Dois banhistas estavam tentando socorrer, e mais dois bombeiros. Depois o jet-ski se aproximou, foi aquele sangueiro, parecia filme de Hollywood. A perna dela 'tava' totalmente dilacerada", contou.

De acordo com a presidente do Cemit, há 44 pares de placas sinalizando a ocorrência de ataques de tubarões, espalhados em 30 quilômetros do litoral pernambucano - uma delas, a menos de 100m do local do incidente desta segunda. Sem exames do ferimento, não é possível precisar a espécie do tubarão que atacou a jovem paulistana. "A gente só pode supor, dentro de uma hipótese bem ampla, que são as espécies que já se envolveram em incidentes anteriores, que são o cabeça-chata e o tigre", finalizou.

Atendimento médico

Os médicos do Hospital da Restauração (HR) que atenderam Bruna Gobbi conversaram com a imprensa durante a tarde. A perna esquerda da jovem foi amputada cerca de 15 centímetros acima do joelho, após uma mordida considerada extensa.

A cirurgiã vascular Maria Cláudia Albuquerque informou que a paciente chegou ao hospital com a pressão a zero, em um estado extremamente grave. "Foram feitas todas as medidas de suporte e ela foi levada ao bloco cirúrgico para uma avaliação. A lesão apresentada no membro foi muito extensa. Pedaços da musculatura e do tecido ósseo foram perdidos. Precisávamos de uma atitude rápida para conter o sangramento e tentar salvar a vida da paciente", detalhou a médica.

Bruna deu entrada no HR após ser transferida da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro da Imbiribeira. Nas duas unidades de saúde e no caminho entre a UPA e o hospital, ela sofreu paradas cardiorrespiratórias. A jovem foi submetida a uma cirurgia por volta das 15h, onde teve parte de membro inferior amputado. Após o procedimento, foi encaminhada à Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Seu estado era grave, com respiração através de aparelhos e uso de drogas vasoativas.

Números de ataques

Os ataques em Pernambuco começaram a ser contabilizados em 1992. Dados do Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões revelam que 70,2% das vítimas, ao longo dos anos, tinham entre 14 e 25 anos. Além disso, 35,1% das ocorrências foram registradas durante período de lua cheia. Dos 59 ataques, 23 ocorreram na Praia de Boa Viagem e 17, na vizinha Praia de Piedade, situada no município de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife (RMR). Ainda conforme o Cemit, 35 vítimas dos tubarões em Pernambuco sobreviveram; 24 pessoas morreram após serem mordidas pelos animais nos últimos 21 anos.

Veja o vídeo: 

segunda-feira, 22 de julho de 2013

VEJA O VÍDEO: Tubarão ataca jovem em praia de Boa Viagem em Recife (22-07-2013). CENAS FORTES

Areia tem manchas de sangue; local do ataque é monitorado pela Polícia Militar (Foto: Priscila Miranda / G1)Estado de saúde da vítima, mordida pelo animal na perna, é gravíssimo. Mulher de 18 anos está sendo levada para o Hospital da Restauração. Uma jovem de 18 anos foi vítima de um ataque de tubarão na Praia de Boa Viagem, Zona Sul do Recife. (VEJA FOTOS E +)Ela foi mordida na perna pelo animal, na altura do Edifício Castelinho, enquanto nadava na tarde desta segunda-feira (22). Socorrida e levada por populares para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira, na mesma região, a mulher foi transferida para o Hospital da Restauração (HR), área central da capital. Neste momento, ela está no bloco cirúrgico da unidade. O estado de saúde dela é gravíssimo.

De acordo com um morador do Edifício Segóvia, que fica na Avenida Boa Viagem, o ataque ocorreu por volta das 13h20. "Eu estava na sala de casa quando ouvi um grito de socorro. Vi duas meninas sendo arrastadas pela água. Um salva-vidas chegou perto para socorrer quando ocorreu o ataque", disse José Rivalmir.

Testemunhas relataram que a jovem estava acompanhada de um grupo, com água na altura da cintura, a cerca de 20 metros da faixa de areia quando começou a ser arrastada pelo animal. A Polícia Militar ajudou no resgate da vítima. "Estávamos fazendo ronda na área e ajudamos no socorro, não vimos o ataque. A mordida foi na altura da perna", disse o soldado Ederson Rodruigues.

Proprietário de um dos quiosques situados na orla, Fábio Ferreira presenciou o ataque e afirma que alguns banhistas se assustaram com a cena. "A praia estava cheia, todos foram embora. Ouvi alguns dizerem que não voltariam ao Recife nunca mais", contou.
Comerciante presencionou ataque de tubarão a turista, em Boa Viagem (Foto: Priscila Miranda / G1)

Segundo a assessoria de imprensa da UPA da Imbiribeira, a jovem apresenta ferimentos na panturrilha. O último ataque de tubarão em Pernambucoocorreu em maio deste ano. Um homem de 41 anos morreu após entrar no mar na Praia de Enseada dos Corais, no Cabo de Santo Agostinho, Litoral Sul de Pernambuco. O caso só foi confirmado após a divulgação do laudo do Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife, em junho último.

Os ataques em Pernambuco começaram a ser contabilizados em 1992. Dados do Comitê Estadual de Monitoramento de Incidentes com Tubarões revelam que 70,2% das vítimas, ao longo dos anos, tinham entre 14 e 25 anos. Além disso, 35,1% das ocorrências foram registradas durante período de Lua cheia. Dos 58 ataques, 23 ocorreram na Praia de Boa Viagem e 17, na vizinha Praia de Piedade, situada no município de Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana do Recife (RMR).
Manchas de sangue podem ser vistas na faixa de areia (Foto: Priscila Miranda / G1)

terça-feira, 16 de julho de 2013

URGENTE VEJA O VÍDEO!! Explosão de avião em Manaus mata 2 pessoas e deixa 3 gravemente feridas

Imagem mostra momentos depois que a aeronave explodiu no aeroporto internacional de ManausRede Record

Duas pessoas morreram e outras três ficaram gravemente feridas quando o avião de pequeno porte que ocupavam explodiu nesta terça-feira, no momento em que decolava em Manaus, informou o Corpo de Bombeiros do Amazonas. O acidente ocorreu por volta das 6h20 locais (7h20 de Brasília) no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus, a maior cidade da Amazônia brasileira.
A aeronave, de modelo Cessna e prefixo PR-OKK, faria um voo da capital do Amazonas e Apuí (AM), a cerca de 453 km de distância. O avião, propriedade da empresa Apuí Táxi Aéreo, chegou a decolar, mas poucos segundos depois perdeu potência, caiu na pista por razões desconhecidas e explodiu. A forte explosão, que destruiu totalmente a aeronave, provocou a morte imediata de dois de seus cinco ocupantes, cujos corpos ficaram carbonizados, e ferimentos graves nos outros três passageiros.
Os feridos foram levados ao hospital 28 de Julho de Manaus, onde seu estado foi considerado delicado devido à gravidade das queimaduras que sofreram. O aeroporto de Manaus foi fechado para decolagens e aterrissagens depois que uma grande fumaça branca cobriu grande parte da pista, mas as operações foram normalizadas pouco depois.

Assista ao vídeo:

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Mais de 100 fãs invadem palco e deixam Márcio Victor do Psirico assustado; Veja o Vídeo!

Vocalista do Psirico convidou garotas para dançar no palco principal do Salvador Fest 2013


Márcio Victor concedeu entrevista coletiva logo após os show
(Foto: Fred Pontes)

O cantor Márcio Victor incendiou o Parque de Exposições de Salvador na tarde deste domingo (14). O pagodeiro levou os maiores sucessos do Psirico para o palco principal do Salvador Fest 2013. O artista convidou várias fãs para subirem ao palco junto com ele.

"Fiquei com medo das meninas. Chamei 20 delas e 100 acabaram subindo. Rasgaram minha blusa, mas acabou dando tudo certo", contou o artista em entrevista coletiva logo após a apresentação. "O show foi perfeito. Mais de 90 mil pessoas assistiram. Queria descer para a multidão, mas fiquei com medo de rolar algum acidente", completou.


Victor também adiantou um projeto importante da carreira, que deve ser executado até o fim do ano. "Estou com uma parceria com o MC Catra e pode ser que saia um disco inédito depois disso", revelou

sábado, 13 de julho de 2013

BOMBINHA: Após TelexFREE e BBom, mais 16 empresas são investigadas


Consumidor deve desconfiar de ganhos altos e rápidos, proporcionais à entrada de novas pessoas no grupo, diz Ministério da Justiça
Foto: Adriano Machado / Bloomberg
Consumidor deve desconfiar de ganhos altos e rápidos, proporcionais à entrada de novas pessoas no grupo, diz Ministério da JustiçaADRIANO MACHADO / BLOOMBERG

RIO — Uma força-tarefa de promotores e procuradores do Ministério Público Federal e Estaduais de todo o Brasil investiga outras 16 empresas suspeitas de prática de crime financeiro, além de TelexFREEe e BBom, que já tiveram as atividades suspensas e os bens bloqueados pela Justiça. De acordo com a procuradora da República em Goiás, Mariane Guimarães Oliveira, os nomes das companhias, que atuam em todo o país, serão preservados até que as investigações sejam concluídas:
— Enquanto não soubermos quais empresas são legais, peço aos consumidores que não saiam investindo em marcas que não conhecem. E, ao receber alguma tipo de oferta para se tornar divulgador, que busque informações sobre a empresa em órgãos de defesa do consumidor.

© 1996 - 2013. Todos direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização. 

A Justiça Federal em Goiás também apura se a BBom tem negócios com a TelexFREE, a partir de investigação da Polícia Federal que aponta indícios de que as duas pirâmides realizaram transações com pessoas em comum e de que a BBom recebeu dinheiro da TelexFREE.
A BBom está com os bens bloqueados desde quarta-feira passada, quando a Justiça Federal em Goiás acatou o pedido para bloqueio dos bens da empresa Embrasystem (que usa os nomes fantasias Unepxmil e BBom), em ação cautelar movida por dois procuradores e um promotor. De acordo com a investigação, até o fim do ano passado, antes da criação da BBom, as empresas do grupo não movimentavam mais que R$ 300 mil por ano. Em pouco mais de seis meses, o fluxo financeiro cresceu mais de 300%. Estão bloqueados mais de cem veículos, além de R$ 300 milhões em contas do grupo.

Empresas negam ligação
No caso da BBom, o produto que supostamente sustentava o negócio é um rastreador de veículo. Como em outros casos emblemáticos de pirâmide financeira, o produto serve como isca para recrutar novos associados. Os interessados associavam-se mediante pagamento de taxa de cadastro de R$ 60 e de um valor de adesão que variava entre R$ 600 e R$ 3 mil. Além disso, os associados tinham que atrair novos integrantes e pagar uma taxa de R$ 80 por 36 meses. O mecanismo de bonificação aos associados era calculado sobre as novas adesões. Quanto mais gente aderia à rede, maior a premiação prometida.

A TelexFREE está com as atividades suspensas desde o último 18 de junho, por determinação da juíza Thaís Khalil, do Tribunal de Justiça do Acre, estado no qual possuía uma grande rede dos chamados divulgadores. A partir da decisão, a empresa não pode mais cadastrar novos associados, nem pagar os já cadastrados. A TelexFREE também está sendo investigada pelo o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), do Ministério da Justiça (MJ), que instaurou processo administrativo contra a empresa por indícios de formação de pirâmide financeira e ofensa ao Código de Defesa do Consumidor. Nessa semana, o MJ determinou à Polícia Federal abertura de inquérito para apuração de eventuais crimes.

— O consumidor deve desconfiar de ganhos altos e rápidos, proporcionais à entrada de novas pessoas no grupo — ressalta Amaury Oliva, diretor do DPDC.
Horst Vilmar Fuchs, um dos dez advogados da TelexFREE, informou que a empresa está tomando “diversas medidas” para recuperar o direito de atuar no país. E negou qualquer relação com a BBom:
— Não vão encontrar prova da existência dessa ligação. Podem vasculhar todas as contas.
Por meio de nota, a BBom garantiu ser uma empresa lícita e negou ter negócios com a TelexFREE. Disse ainda que já deslocou equipe jurídica a Goiás para apresentar defesa e pedir a cassação da decisão de bloqueio das contas e bens da empresa.

sexta-feira, 12 de julho de 2013

Acidente entre caminhão e moto complica trânsito na marginal Tietê

13h54 Acidente: Caminhão x moto na Marginal do Direita doTiete 1000 - Casa Verde. Deixou duas vítimas em óbito. Ficou aos cuidados da PM.
Caros, sou checador da JovemPan. Os dois óbitos eram passageiros da motocicleta ou algum estava no caminhão? Obrigado.

Um acidente complicava o trânsito na pista central da marginal Tietê, sentido Castello Branco, na tarde desta sexta-feira. Segundo informações da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), uma colisão entre uma moto e um caminhão bloqueava a faixa da direita da via. Uma pessoa ficou ferida e seu estado de saúde não foi informado.
A melhor opção para os motoristas, segundo a CET, era a pista expressa. Às 15h, a pista central registrava 2,5 quilômetros de congestionamento. Já a pista local, registrava 5,6 quilômetros de lentidão e aparecia como o pior trecho de toda a cidade, que registrava, ao todo, 44 quilômetros de congestionamento em suas principais ruas e avenidas.

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Manifestações devem interromper trânsito em vias de SP nesta quinta

Trânsito deve ser interrompido na Avenida Paulista, marginais e rodovias. Justiça concedeu liminar que exige funcionamento do Metrô na capital.

Do Se Liga 24 Horas São Paulo
Movimentos sindicais e populares planejam uma série de protestos nesta quinta-feira (11) em diversos pontos deSão Paulo. Ao menos oito sindicatos de trabalhadores e cinco grupos não ligados a partidos programam greves e passeatas na capital paulista e em municípios da região metropolitana. Os manifestantes podem interromper o trânsito na Avenida Paulista, nas marginais Tietê e Pinheiros e nas mais movimentadas rodovias e estradas estaduais.
Os metroviários também podem decidir, em assembleia que será realizada nesta quarta-feira, parar por algumas horas em apoio aos protestos desta quinta-feira. O governo de São Paulo, porém, conseguiu uma liminar no Tribunal Regional do Trabalho (TRT) que exige o funcionamento de 100% da frota do Metrô nos horários de maior movimento.
Procurados pelo G1, sindicatos dos ferroviários afirmam que não há previsão de paralisação nas linhas 7, 8, 9, 10, 11 e 12 da CPTM. A companhia informou, em nota, que pretende “trabalhar para manter a circulação de trens”.
  •  
Bloqueios previstos para esta quinta em SP
Horário estimado
Vias com possíveis interdições
A partir das 6h
Anhanguera (km 2,5), Bandeirantes, Anchieta, Castello Branco, Raposo Tavares (entre km 14 e 18), Fernão Dias, Dutra e Mogi-Bertioga.
A partir das 6h
Marginal Pinheiros (Ponte do Socorro), Avenida Jacu-Pêssego, Radial Leste e Marginal Tietê (Ponte do Piqueri).
A partir das 10h
Avenida do Estado, Rua 25 de Março e outras vias da região central, Avenida Paulista e Ponte Octavio Frias de Oliveira (estaiada).
A partir das 12h
Avenida Paulista, com concentração de protestos na altura do Masp
A partir das 16h
Régis Bittencourt e Rodoanel
 A Polícia Militar, que se reuniu com os organizadores dos atos para saber o trajeto estabelecido por eles, informou que haverá aumento do efetivo da corporação nas ruas para reforçar a segurança durante os atos desde o início da madrugada. São 35 pontos onde haverá uma liderança sindical e um oficial da Polícia Militar para acompanhar o protesto.
A manifestação foi convocada há algumas semanas pelas centrais sindicais, principalmente pela internet, para pedir, entre outras coisas, a redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais e o fim do fator previdenciário. Os atos são planejados na esteira da onda de manifestações realizadas em junho no país.
Apoio às paralisações
A Central Sindical e Popular (CSP – Conlutas) informou que sindicatos dos metroviários, bancários, metalúrgicos, funcionários públicos federais, judiciários federais, Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp), Correios e construção civil “decidiram a favor da paralisação”.
A postura também é compartilhada por integrantes do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo, que afirmou que irá enviar representantes para integrar os protestos, mas que não deverá interromper a sua operação para não afetar os passageiros do transporte público nesta quinta.
A CSP-Conlutas também informou que deverão estar no movimento representantes da Assembleia Nacional de Estudantes (Anel), do Movimento Passe Livre (MPL), do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), do Movimento Sem-Terra (MST) e da Luta Popular.  “Esses setores devem ajudar as paralisações nas fábricas e bancos e engrossar as passeatas e bloqueios de vias e rodovias”, informa nota divulgada.
Já no início da manhã, trabalhadores programam fechar o trânsito da Marginal Tietê e Avenida do Estado na capital. No mesmo período, querem bloquear as rodovias Anchieta, Castello Branco, Raposo Tavares, Fernão Dias, Dutra e Mogi-Bertioga.
Vias entre a região do Brooklyn Novo e a Avenida Paulista também deverão ter o tráfego dificuldade pelo protesto de motoboys e motociclistas, a partir das 10h. Entre as principais reivindicações do setor estão a redução do valor do DPVAT, mais bolsões de estacionamento e motofaixas e o fim da lei da 404/2012, aprovado neste mês pela Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado, que obriga condutores e passageiros de motocicletas no Brasil usarem colete ou jaqueta com airbag.
Paralisações nos transportes
O Dia Nacional de Lutas, como é chamado pelos sindicalistas, deve afetar também os sistemas de transporte público e o trânsito na cidade de São Paulo, nesta quinta. Uma carta aberta à população foi distribuída aos usuários do Metrô na quarta-feira (10), informando sobre a possibilidade de paralisação. Uma assembleia deve decidir até a noite desta quarta se haverá ou não greve no sistema.
O governo de São Paulo entrou com uma ação e a Justiça expediu nesta quarta-feira uma liminar que obriga o funcionamento do sistema metroviário com 100% do efetivo nos horários de maior movimento (das 6h às 9h e das 16h às 19h) e 70% nos demais horários.
De acordo com o Metrô, a empresa deverá adotar medidas para minimizar os transtornos que poderão ser causados aos mais de 4 milhões de passageiros que usam o transporte diariamente. Não foram divulgados detalhes sobre o funcionamento do Metrô caso haja paralisações.
Os terminais rodoviários de São Paulo devem funcionar normalmente, segundo a Socicam, assim como os terminais urbanos, de acordo com a SPTrans.
Paralisação afeta ao menos 15 terminais de ônibus nesta quarta-feira (10) (Foto: Nelson Antoine/Fotoarena/Estadão Conteúdo)Paralisação afetou terminais de ônibus na quarta
(Foto:Nelson Antoine/Fotoarena/Estadão Conteúdo)
O ato desta quinta-feira será apoiado pelo Sindicato dos Motoristas e Cobradores de ônibus, porém eles prometem não interromper a operação. Nesta quarta, 16 terminais chegaram a ser bloqueados por membros da chapa de oposição à atual presidência do sindicato. As eleições da categoria começam nesta quinta, mas não há previsão de novos bloqueios pela chapa de oposição.
A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) informa que a operação de ônibus metropolitanos ocorrerá normalmente. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou, em nota ao G1, que caso ocorra a paralisação dos metroviários o rodízio municipal de veículos estará suspenso na cidade para as placas de final 7 e 8.
João Carlos Gonçalves, o Juruna, secretário-geral da Força Sindical, sugere que a população fique em casa nesta quinta. “Quem não quiser protestar é melhor não sair porque o trânsito vai ficar um caos com a quantidade de protestos que deverá ocorrer para reivindicar melhorias para os trabalhadores”, disse.
Procurado para comentar o assunto, Caio Martins, do Movimento Passe Livre (MPL), disse que a entidade segue em apoio aos protestos relacionados com o transporte. “Em princípio apoiaremos os metroviários e outras entidades que lutam pela redução das tarifas no transporte público em algumas cidades da Grande São Paulo”, disse.
Apoio da PM
O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse o estado está se empenhando para evitar bloqueios nos transportes públicos. O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Roberto Meira, informou que já se reuniu com várias frentes sindicais dos trabalhadores. A corporação diz ter recebido os percursos que devem ser feitos pelos manifestantes.
De acordo com Meira, o efetivo da corporação será reforçado desde as 4h. “Nós vamos reforçar o efetivo com policiais das escolas de sargentos, de oficiais, do efetivo administrativo e também dos policiais que estão de folga”.
Segundo o comandante da PM, a Tropa de Choque, que já foi alvo de críticas públicas ao coibir com violência protestos anteriores, estará de prontidão e agirá se houver necessidade.
A assessoria de imprensa da Polícia Militar informou na quarta-feira (10) que os principais percursos combinados com a Força Sindical e a União Geral dos Trabalhadores (UGT) em reunião na sede da Secretaria da Segurança, com o secretário Fernando Grella, e o comandante-geral da PM Benedito Meira, foram a Avenida Paulista, e as marginais Pinheiros e Tietê. As vias, porém, não serão ocupadas totalmente, de acordo com a assessoria da PM.
Haverá ainda reforço no efetivo da PM na capital, com alunos da escola de sargento, oficiais e do setor administrativo. O número de policiais envolvidos na operação não foi informado por questões de estratégia e segurança, segundo a assessoria da corporação.

BOMBA!!! Justiça libera TelexFree no Brasil inteiro inclusive no Acre


Depois de gastar muito dinheiro com novos advogados e trazendo o aparelho voip para o brasil, a TelexFree é liberada!















































Justiça bloqueia contas da BBom por suspeita de pirâmide


Decisão atinge contas da Embrasystem, que usa como nomes fantasia BBom e Unepxmil


A BBom teve as contas bloqueadas pela Justiça Federal por suspeita de ser uma pirâmide financeira. A empresa, que tem cerca de 300 mil associados, é a segunda a ter as transações financeiras suspensas por esse motivo nas últimas 3 semanas.
Empresa-mãe não tem aval da Anatel para vender rastreador
A decisão atinge as contas da Embrasystem, que usa os nomes fantasias BBom e Unepxmil, e da BBrasil Organizações e Métodos LTDA, bem como os bens dos sócios proprietários de ambas.
Em entrevista ao iG?, o diretor da BBom, Ednaldo Bispo, afirma não ter tido ainda acesso à decisão, mas nega irregularidades e diz que os pagamentos da empresa aos seus associados continuam normalmente. 
"Eu penso que o nosso modelo [de negócios] não foi devidamente esclarecido. E eu até entendo a posição da Justiça. A gente não gosta, mas entende", afirma Bispo. "Vai ser a grande oportunidade de mostrar como [a empresa] funciona."
Empresa não tem aval para vender rastreador
A BBom informa ser o braço da Embrasystem que comercializa produtos e serviços oferecidos pela empresa por meio de marketing multinível – um modelo de varejo que premia os vendedores que atraem outros vendedores para a rede.  O principal serviço, segundo Bispo, é o de rastreamento de veículos.
A juíza substituta da 4ª Vara Federal de Goiânia, Luciana Laurenti Gheller, porém, considerou que os pagamentos feitos a cada participante da rede "depende exclusivamente do recrutamento feito por ele de novos associados", de acordo com nota divulgada no site do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1). A BBom cobra dos revendedores taxas de adesão que variam de R$ 600 a R$ 3 mil.
A juíza também apontou como evidência o fato de que a Embrasystem não tem autorização da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para comercializar os rastreadores de automóveis. O diretor da empresa afirma que os equipamentos são homologados.
"A empresa que presta o serviço de monitoramento não precisa de homologação, mas o equipamento, sim. Nós temos todas as homologações [do rastreador] feitas diretamente no fabricante."
O diretor da empresa afirma que o faturamento da empresa é composto da venda de rastreadores e, no longo prazo, dos serviços de monitoramento.
Em todo o Brasil, 13 são investigadas
A empresa já tinha se tornado alvo de investigação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP-RN), que anunciou no último dia 2 a abertura de inquéritos contra seis empresas por suspeita de pirâmide financeira. 
Em todo o Brasil, 13 empresas são investigadas atualmente por suspeita de pirâmide, segundo Murilo Moraes e Miranda, presidente da Associação do Ministério Público do Consumidor (MPCon) e promotor do Ministério Público de Goiás (MP-GO).
Com um argumento semelhante, no dia 18 de junho a Justiça do Acre suspendeu os pagamentos e bloqueou os bens dos donos da Telexfree, que informa comercializar pacotes de telefone por internet (VoIP, na sigla em inglês). Os responsáveis também negam irregularidades e entraram com um mandado de segurança contra a decisão que, na última segunda-feira (8), manteve o bloqueio.

segunda-feira, 8 de julho de 2013

URGENTE!!! Vídeo do assassino do MC Daleste (ELE ESTÁ DE VERMELHO NO PALCO)

RIO e SÃO PAULO - O cantor de funk Daniel Pellegrini, conhecido como MC Daleste, de 20 anos, morreu após levar um tiro, no fim da noite deste sábado, enquanto se apresentava na cidade de Campinas, interior de São Paulo. Ele chegou a ser levado para um hospital em Paulínia, mas não resistiu e morreu na madrugada deste domingo.

Vídeo postado no YouTube por um fã mostra o momento em que MC daleste levou o disparo. O cantor falava ao público de um “enquadro” (abordagem policial) a ele e um grupo de amigos “na quabrada” (periferia). Segundo a Polícia Militar (PM), testemunhas afirmaram que o atirador fugiu em um Gol vermelho. Ninguém foi preso.

O cantor se apresentava em uma “festa julina” realizada em um conjunto habitacional, no bairro San Martin, quando foi baleado, por volta das 22h30m, nas proximidades da quadra W.
Logo após o ocorrido, um amigo que diz ser produtor de funk postou um vídeo no perfil do MC no Facebook afirmando que Daniel passava por uma cirurgia, e estava bem. Mas, depois, deu a notícia da morte do funkeiro. Mensagem no Twitter informava que as informações sobre a realização do velório seriam divulgadas brevemente.

O corpo do cantor será levado para São Paulo, onde será sepultado nesta segunda-feira.
Após o anúncio da morte do cantor, fãs começaram a deixar mensagens no Facebook lamentando o ocorrido. Numa postagem, com uma foto do MC, um amigo dizia que era difícil acreditar no que aconteceu. Outros falavam que o funkeiro morreu fazendo o que mais gostava.

“Para quem acha que tudo isso é uma brincadeira... Galera, não foi. Por mais que eu não queira falar, é verdade. MC DALESTE faleceu após a cirurgia, estou com o peito doendo, acho que todos nós estamos, estamos chorando, estamos sofrendo, estamos rezando. Hoje, perdemos mais um ÍDOLO ou mais um amigo de TRABALHO e ganhamos mais um anjo protetor. Lá de cima, ele está olhando por todos nós!”, escreveu um amigo do MC.

O caso foi registrado no plantão do 4º Distrito Policial (DP) de Campinas, mas deve ser investigado pelo 7º DP.

Homenagem ao MC Daleste (OFICIAL) [08-07-2013] #LutoMCDaleste

RIO e SÃO PAULO - O cantor de funk Daniel Pellegrini, conhecido como MC Daleste, de 20 anos, morreu após levar um tiro, no fim da noite deste sábado, enquanto se apresentava na cidade de Campinas, interior de São Paulo. Ele chegou a ser levado para um hospital em Paulínia, mas não resistiu e morreu na madrugada deste domingo.

Vídeo postado no YouTube por um fã mostra o momento em que MC daleste levou o disparo. O cantor falava ao público de um “enquadro” (abordagem policial) a ele e um grupo de amigos “na quabrada” (periferia). Segundo a Polícia Militar (PM), testemunhas afirmaram que o atirador fugiu em um Gol vermelho. Ninguém foi preso.

O cantor se apresentava em uma “festa julina” realizada em um conjunto habitacional, no bairro San Martin, quando foi baleado, por volta das 22h30m, nas proximidades da quadra W.
Logo após o ocorrido, um amigo que diz ser produtor de funk postou um vídeo no perfil do MC no Facebook afirmando que Daniel passava por uma cirurgia, e estava bem. Mas, depois, deu a notícia da morte do funkeiro. Mensagem no Twitter informava que as informações sobre a realização do velório seriam divulgadas brevemente.

O corpo do cantor será levado para São Paulo, onde será sepultado nesta segunda-feira.
Após o anúncio da morte do cantor, fãs começaram a deixar mensagens no Facebook lamentando o ocorrido. Numa postagem, com uma foto do MC, um amigo dizia que era difícil acreditar no que aconteceu. Outros falavam que o funkeiro morreu fazendo o que mais gostava.

“Para quem acha que tudo isso é uma brincadeira... Galera, não foi. Por mais que eu não queira falar, é verdade. MC DALESTE faleceu após a cirurgia, estou com o peito doendo, acho que todos nós estamos, estamos chorando, estamos sofrendo, estamos rezando. Hoje, perdemos mais um ÍDOLO ou mais um amigo de TRABALHO e ganhamos mais um anjo protetor. Lá de cima, ele está olhando por todos nós!”, escreveu um amigo do MC.

O caso foi registrado no plantão do 4º Distrito Policial (DP) de Campinas, mas deve ser investigado pelo 7º DP.


Homenagem feita pelos fãs no velório do MC Daleste (08-07-2013) #LutoMCDaleste

RIO e SÃO PAULO - O cantor de funk Daniel Pellegrini, conhecido como MC Daleste, de 20 anos, morreu após levar um tiro, no fim da noite deste sábado, enquanto se apresentava na cidade de Campinas, interior de São Paulo. Ele chegou a ser levado para um hospital em Paulínia, mas não resistiu e morreu na madrugada deste domingo.

Vídeo postado no YouTube por um fã mostra o momento em que MC daleste levou o disparo. O cantor falava ao público de um “enquadro” (abordagem policial) a ele e um grupo de amigos “na quabrada” (periferia). Segundo a Polícia Militar (PM), testemunhas afirmaram que o atirador fugiu em um Gol vermelho. Ninguém foi preso.

O cantor se apresentava em uma “festa julina” realizada em um conjunto habitacional, no bairro San Martin, quando foi baleado, por volta das 22h30m, nas proximidades da quadra W.
Logo após o ocorrido, um amigo que diz ser produtor de funk postou um vídeo no perfil do MC no Facebook afirmando que Daniel passava por uma cirurgia, e estava bem. Mas, depois, deu a notícia da morte do funkeiro. Mensagem no Twitter informava que as informações sobre a realização do velório seriam divulgadas brevemente.

O corpo do cantor será levado para São Paulo, onde será sepultado nesta segunda-feira.
Após o anúncio da morte do cantor, fãs começaram a deixar mensagens no Facebook lamentando o ocorrido. Numa postagem, com uma foto do MC, um amigo dizia que era difícil acreditar no que aconteceu. Outros falavam que o funkeiro morreu fazendo o que mais gostava.

“Para quem acha que tudo isso é uma brincadeira... Galera, não foi. Por mais que eu não queira falar, é verdade. MC DALESTE faleceu após a cirurgia, estou com o peito doendo, acho que todos nós estamos, estamos chorando, estamos sofrendo, estamos rezando. Hoje, perdemos mais um ÍDOLO ou mais um amigo de TRABALHO e ganhamos mais um anjo protetor. Lá de cima, ele está olhando por todos nós!”, escreveu um amigo do MC.

O caso foi registrado no plantão do 4º Distrito Policial (DP) de Campinas, mas deve ser investigado pelo 7º DP.